BySamuel Oliveira

Ouvidor recebe título de cidadão honorário de BH

O conselheiro Ouvidor do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG), José Alves Viana, tornou-se o mais novo cidadão belo-horizontino com o título de cidadania honorária concedida pela Câmara Municipal, na noite desta terça-feira, 14/06/16, no Plenário Amynthas de Barros. Por iniciativa do vereador Silvinho Rezende, e aprovada por unanimidade por seus pares, o conselheiro foi agraciado em solenidade presidida pelo vereador Lúcio Bocão.

“Quando uma pessoa vinda de sua terra natal escolhe Belo Horizonte como local de morada e enriquece a cidade com a sua presença, a Câmara Municipal, em reconhecimento, destina a ela o Título de Cidadão Honorário de Belo Horizonte”, com essas palavras o vereador Silvinho Rezende justificou a homenagem ao conselheiro do TCEMG. Para o vereador “fica estabelecido, por meio da honraria, um elo formal entre a cidade, agradecida, e o filho vindo de longe que, ao chegar, acrescentou, produziu, somou, fez a diferença.”, destacou.

“Nasci em um distrito da cidade de Água-Branca, onde fui registrado. Hoje é a cidade de Pariconha, localizada no agreste do Estado de Alagoas. Fui estudar em Sergipe, aos 08 (oito) anos de idade e permaneci lá até os 16 (dezesseis) anos incompletos, quando em janeiro de 1965, cheguei a Minas Gerais e fui morar em Curvelo, onde três irmãos já residiam. Em 1966, fui para o Rio Janeiro onde fiquei por três anos e meio, retornando em definitivo para Minas Gerais em meados de 1969. No final desse ano, passei no Vestibular para Medicina em Montes Claros, na recém-fundada Faculdade de Medicina (Famed) da Universidade do Norte de Minas, hoje, Unimontes.”, contando o início de sua trajetória de vida, o conselheiro José Alves Viana começou seu discurso de agradecimento pela honraria recebida.

O conselheiro lembrou-se do começo de sua vida em Belo Horizonte onde no início de sua carreira como médico ficou “mais de três anos entre Nova Lima e Belo Horizonte fazendo as residências de Anestesia e Pediatria”. Viana destacou que “a cada momento ou em certos momentos foi parceiro e continua sendo do povo belo-horizontino. Busquei e consegui somar por melhor qualidade de vida dessa gente querida. Tenho apartamento em Belo Horizonte desde 1991, e sou morador daqui, onde trabalho e vivo. Hoje atuo no controle externo pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, em benefício da sociedade belo-horizontina e de todo o Estado”, registrou.

Estiveram presentes à solenidade os conselheiros do TCEMG, Wanderley Ávila, Mauri Torres e Gilberto Diniz, a procuradora do Ministério Público de Contas de Minas Gerais (MPC-MG), Cristina Andrade Melo, diretores, coordenadores e servidores do Tribunal de Contas, deputados, vereadores de Belo Horizonte e Curvelo, representantes do Lions Clube, familiares e amigos. A outorga é um reconhecimento aos grandes serviços prestados pelo conselheiro ao município de Belo Horizonte.

Fonte: Coordenadoria de Jornalismo e Redação

Samuel Oliveira administrator