BySamuel Oliveira

OGE leva curso à distância aos presidiários em Nova Lima

A Ouvidoria-Geral do Estado (OGE) propôs, com órgãos do estado e entidades parceiras, levar cursos da Ação Conjunta Digna Vida a uma Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), de Nova Lima. Para essa ação inédita inaugurou-se, em 30/6/2015,  a Universidade Aberta Integrada de Minas Gerais (Uaitec), que funcionará na Apac,  e  possibilitará aos recuperandos participar de cursos à distância.

Durante a inauguração, o Ouvidor-geral Fábio Caldeira disse que “O que está sendo feito em Minas é inovador” e afirmou que “Apesar dos problemas e das dificuldades, é aqui (em Minas) onde surge um grande projeto para o Brasil”, afirmou. Esse projeto surgiu a partir de demandas de presidiários e de seus familiares em relação a ressocialização dos detentos.
Participaram do evento a ouvidora de Educação, Guiomar Lara, e o ouvidor do Sistema Penitenciário, Marcelo Costa.

O objetivo do projeto Digna Vida é estimular a capacitação técnica e educacional dos recuperandos, para que eles possam se profissionalizar e ressocializar, quando saírem do sistema prisional. Além disso, o projeto tende a ampliar a política pública de geração de renda no ambiente carcerário para levar aos prisioneiros oportunidades de trabalho, bem como cursos profissionalizantes e de empreendedorismo.

São parceiros nessa ação as secretarias estaduais de Educação, de Defesa Social (Seds), de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), de Desenvolvimento Econômico (Sede) e de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), a Imprensa Oficial e outros órgãos do Governo de Minas; além do Movimento Conspiração Mineira pela Educação; e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Segundo o Presidente da Conspiração Mineira pela Educação, Evando Neiva,,os cursos oferecidos pela Uaitec da Apac Nova Lima serão gratuitos e  para ele “Um sistema prisional sem educação é algo tenebroso.” Ele afirmou ainda que  as Uaitecs e o projeto Digna Vida são exemplos de modelos para todo o Brasil.

 Já o recuperando José Antônio Júnior da Silva veio corroborar as palavras de Evando Neiva: “Não é possível recuperação sem educação”. Para ele, um dos 86 detentos da Apac  “É a realização de um sonho”.

Samuel Oliveira administrator