BySamuel Oliveira

De olho na saúde – febre Amarela

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Contraindicações

-Crianças com menos de 6 meses de idade;

-Indivíduos com histórico de reação anafilática a substâncias presentes na vacina (ovo de galinha e seus derivados, gelatina e outros produtos que contêm proteína animal bovina);

-Pacientes com histórico de doenças do timo (miastenia grave, timona, casos de ausência de timo ou remoção cirúrgica), também devem buscar orientação de um profissional de saúde;
   
-Pacientes com imunossupressão de qualquer natureza:

-Pacientes infectados pelo HIV com imunossupressão grave;

-Pacientes em tratamento com drogas imunossupressoras (corticosteroides, quimioterapia, radioterapia, imunomoduladores);

-Pacientes submetidos a transplante de órgãos;

-Pacientes com imunodeficiência primária;

-Pacientes com neoplasias.

Obs.: Gestantes deverão ser avaliadas de acordo com o risco de contrair a doença, dependendo da área em que moram ou para a qual irá viajar.

Já o tratamento da febre amarela visa atenuar os sintomas da doença, com cuidadosa assistência ao paciente que, sob hospitalização, deve permanecer em repouso, com reposição de líquidos e das perdas sanguíneas, quando indicado. Nas formas graves, o paciente deve ser atendido em Unidade de Terapia Intensiva, a fim de reduzir as complicações e o risco de óbito.

Fique ligado, saiba mais em: saude.mg.gov.br

Samuel Oliveira administrator