Conselheiro Ouvidor

Wanderley Geraldo de Ávila

Wanderley Geraldo de Ávila nasceu na cidade mineira de Joaquim Felício, no dia 19 de outubro de 1949. Filho de Álvaro Gabriel de Ávila Jr. e Maria Francisca da Conceição Ávila, é casado com a professora Mariza de Oliveira Ávila e tem três filhas: a advogada Carolina, a administradora Paula e a psicóloga Juliana.

Cursou o ensino fundamental nas cidades de Várzea da Palma e Diamantina, e o ensino médio em Belo Horizonte. Em 1972 concluiu o curso de Letras pela Faculdade de Ciências Humanas da Pontifícia Universidade Católica (PUC-MG), em Belo Horizonte. Em 1981 tornou-se bacharel em Direito pela Faculdade de Direito do Norte de Minas – UNIMONTES, em Montes Claros.

Sua primeira carreira foi no magistério. Foi professor concursado da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Diamantina, professor do Colégio Joseph Hein, de Várzea da Palma, da Escola Estadual Leopoldo Miranda, de Diamantina, e do Colégio Diamantinense. Foi professor do Colégio Estadual Belo Horizonte e Diretor do Colégio São João Batista, de Pirapora, no período de 1976 a 1982. Iniciou sua carreira política como Prefeito de Pirapora, exercendo seu mandato no período de 1983 a 1988. Encerrado o mandato de prefeito, candidatou-se à Assembléia Legislativa de Minas Gerais – ALEMG e foi eleito para quatro legislaturas sucessivas, a partir de 1991.

Na Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais – ALEMG, Wanderley Ávila foi vice-líder do PSDB entre 1991 e 1992, e líder do mesmo partido de 1993 a 1994. Tomou posse como Vice-Presidente da ALEMG em 1995, exercendo o cargo até novembro de 1996. Em dezembro de 1996 tomou posse como Presidente daquela Casa, exercendo o cargo até janeiro de 1997. Exerceu ainda o cargo de 2º Secretário no período compreendido entre fevereiro de 2001 e dezembro de 2002. Foi membro e relator da Comissão Interestadual Parlamentar de Estudos para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia do Rio São Francisco.

Interrompeu a sequência de candidaturas para assumir o cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais – TCEMG, no dia 30 de setembro de 2004, em substituição ao Conselheiro João Bosco Murta Lages, que havia falecido. No dia 02 de fevereiro de 2005 assumiu o cargo de Conselheiro-Corregedor deixando-o para assumir o cargo de Vice-Presidente em 07 de fevereiro de 2007. Tomou posse na Presidência do TCE no dia 12 de fevereiro de 2009, cumprindo um mandato de 2 (dois anos), encerrado em 08/02/2011.

Foi também membro de vários conselhos, como o Conselho Curador da FEAM – Fundação Estadual do Meio Ambiente, o Conselho Estadual do CNEC, o Conselho da ADEMG e Segundo Secretário do Instituto Rui Barbosa. É Conselheiro Grande Benemérito do Clube Atlético Mineiro.

Recebeu inúmeras condecorações: Medalha da Inconfidência, Medalha Santos Dumont, Colar do Mérito da Corte de Contas Ministro José Maria de Alkmim, Medalha da Ordem da Águia da Grande Loja Maçônica de Minas Gerais, Comenda Mário Bhering, outorgada também pela Grande Loja Maçônica de Minas Gerais; Medalha Amigo da Marinha, Medalha Centenária União Operária Beneficente de Diamantina, Destaque Político e Empresarial de Montes Claros, Medalha do Bicentenário da Morte Alferes Tiradentes, Medalha Ordem do Mérito Legislativo, Comenda Synval Ladeira e Diploma de Benemérito da Fundação Educacional Caio Martins. É cidadão honorário de Várzea da Palma, Diamantina, Morro da Garça, Caetanópolis, Bocaiúva, Presidente Kubitschek, Canaã, Lassance e São Francisco.

Face à renúncia do Conselheiro Antônio Carlos Doorgal de Andrada ao cargo de Presidente, do TCEMG, Wanderley Ávila foi reeleito e tomou posse em 18/05/2012 como Presidente desta instituição, cargo que exerceu até 20/02/2013.