BySamuel Oliveira

Como sua empresa pode integrar o Cadastro Pró-Ética

Em 7 de maio de 2015, o Cadastro Pró-Ética,  uma parceria da Controladoria-Geral da União (CGU)  com o Instituto Ethos, passou por reformulação para incluir as exigências da Lei Anticorrupção (Lei nº 12.846/2013).

O que é o Cadastro Pró-Ética? Trata-se de uma iniciativa do Instituto Ethos e consiste no registro de empresas que trabalham com ética, integridade e transparência.  A adesão é voluntária e qualquer empresa, independentemente do porte e do ramo de atuação, pode se inscrever.

No momento, as empresas serão avaliadas anualmente, a partir de uma análise prévia de perfil, seguida de um questionário com perguntas abertas.  Na etapa de avaliação, um comitê gestor, formado por integrantes das organizações públicas e privadas, analisará as respostas.
 
Há uma série de pré-requisitos para a empresa se cadastrar, entre os quais o de ser signatária do Pacto Empresarial pela Integridade e contra a Corrupção, além de se comprometer a vedar qualquer forma de suborno, trabalhar pela legalidade e transparência nas contribuições a campanhas políticas e primar pela transparência de informações e colaboração em investigações.

Guia temático: Para auxiliar as empresas no monitoramento do Pacto Empresarial pela Integridade e contra a Corrupção, o Instituto Ethos lançou, no dia 20 de julho, o Guia Temático Guia Temático: Integridade, Prevenção e Combate à Corrupção. A ideia é que o Guia Temático sirva também como uma ferramenta de gestão que permita às empresas acompanhar a evolução de suas práticas relacionadas à integridade e ao combate à corrupção.

Quais as ações que as empresas devem adotar para serem consideradas íntegras? As empresas precisam elaborar um código de conduta; estabelecer políticas anticorrupção, por exemplo, nenhum funcionário deve receber presente de fornecedores ou clientes nem deixar de informar contatos que possua em empresas do mesmo setor, para evitar riscos de fraude nas concorrências, além de consolidarem um canal de denúncias ou mesmo criarem uma ouvidoria.

Prazo para inscrição: As empresas que quiserem obter o selo têm até o próximo dia 31 de julho para se inscrever, pelo site da CGU (http://www.cgu.gov.br/).

Mais informações: Instituto Ethos

Fonte: Instituto Ethos
28/7/2015

Samuel Oliveira administrator