BySamuel Oliveira

Boas práticas – Ética no ambiente do TCE com trabalhadores adolescentes

A Corregedoria do Tribunal de Contas reuniu, no dia 11 de novembro, no auditório Vivaldi Moreira, os trabalhadores mirins e os ex-trabalhadores adolescentes do TCEMG que prestaram ou ainda prestam serviços no Tribunal com o objetivo de valorizar esses profissionais e possibilitar que as experiências e posturas éticas dos ex-trabalhadores adolescentes da Assprom, adotadas durante e após os serviços prestados, servissem de inspiração para que os atuais e futuros trabalhadores mirins tenham um futuro profissional promissor.

O público presente ao evento pode conhecer as histórias desses profissionais que continuaram trilhando sua trajetória profissional com base em suas primeiras experiências no mercado de trabalho como menores aprendizes da Associação Profissionalizante do Menor (Assprom) no TCE.

Na oportunidade, foi divulgado o caderno “Ética: Aprendizado e Experiência para o Futuro”, que reproduz textos de alguns ex-trabalhadores  adolescentes que narram suas histórias  como menor aprendiz, da necessidade de trabalhar para ajudar no sustento de casa  até a contratação pelo TCE pelos ótimos serviços prestados.
   
Para os interessados que desejam conhecer as  histórias dos trabalhadores adolescentes da Assprom no TCE e conferir essa boa prática do TCE, a publicação poderá ser acessada no link a seguir: Ética aprendizado e experiência para o futuro.

Samuel Oliveira administrator